Quanto economizar para o futuro financeiro antes dos 30?

Quanto economizar para o futuro financeiro antes dos 30?

“Garantir o futuro financeiro”: o que passa pela sua cabeça quando ouve essa frase? Estabilidade, casa própria, aposentadoria segura, dinheiro poupado ou, quem sabe, múltiplas fontes de renda? São várias as possibilidades que podem trazer essa ideia à realidade. Mas será que você sabe quanto economizar para fazer isso antes dos 30?

Para os millennials, ou geração Y, chegar à terceira década é mais do que algo simbólico. É também um tempo de alcançar grandes conquistas na vida profissional e pessoal.

Com características empoderadoras e que buscam fazer a diferença no mundo, a maioria das pessoas dessa geração quer tomar decisões sobre seu futuro financeiro, saber o quanto economizar e definir o que desejam obter ainda antes dos 30.

Se você se encaixa nesse grupo e tem objetivos parecidos, este post foi feito para você. Confira agora o que você precisa saber para organizar as finanças e ter mais segurança no futuro!

Quanto economizar antes dos 30, afinal?

Quanto economizar para o futuro financeiro antes dos 30?

Opiniões à parte, a grande verdade é que o valor total necessário para garantir o futuro financeiro antes dos 30 anos de idade depende dos objetivos e necessidades de cada pessoa.

Uns desejam adquirir casa e carro próprios, por exemplo, enquanto outros têm desejos ainda mais ambiciosos, como o de garantir uma aposentadoria segura.

Independentemente do objetivo, uma coisa é certa: o caminho para alcançar esse ideal é pensar em tipos de investimento que deem suporte a essas necessidades. Esses investimentos não precisam ser arriscados, mas devem render mais do que a praticamente esquecida poupança.

Outra boa prática, mais básica e que deve ser adotada o quanto antes, é a de controlar as finanças desde cedo. Não há como investir o dinheiro se os gastos são maiores do que as receitas, e também não é possível utilizar esse dinheiro de maneira eficiente se você não tiver metas a serem atingidas.

É por isso que o valor que vai garantir o seu futuro depende de um diagnóstico financeiro e de bastante planejamento ainda hoje. Pensando nisso, vamos mostrar agora quais são os principais pontos a considerar para ter sucesso na sua busca for saúde financeira.

Como fazer um diagnóstico financeiro?

Um diagnóstico financeiro serve como levantamento das suas rendas e despesas para que você possa desenvolver um controle bem alinhado com sua realidade de vida. Nesse diagnóstico, você deve considerar os seguintes conceitos:

Orçamento e controle financeiro

O primeiro passo deve ser o de montar o seu orçamento, que nada mais é que uma previsão para estimar tudo o que você ganha e tudo o que gasta no mês.

O segundo passo é elaborar um controle financeiro, onde você anota absolutamente tudo que foi realizado no mês — desde contas pagas até produtos adquiridos. Esse controle pode ser feito com o auxílio de planilhas financeiras.

Despesas rotineiras e eventuais

Para que tudo fique o mais claro possível, é necessário distinguir as despesas em dois grandes grupos: rotineiras e eventuais.

As primeiras são todas que estão presentes no seu cotidiano, como moradia, alimentação, saúde etc. Já as eventuais são valores ocasionais que impactam o orçamento, como reformas e grandes viagens, por exemplo.

Com esse conhecimento, você está pronto para ter o controle completo das suas finanças. Isso ainda inclui gastar menos do que ganha, evitar compras impulsivas, quitar possíveis dívidas e se preparar para traçar objetivos financeiros.

Como transformar sonhos em metas?

A ideia de economizar parece fácil na teoria, mas a prática não é tão simples assim. Sem um planejamento traçado, é difícil encontrar força para resistir aos impulsos de compra.

O método SMART é uma ferramenta inteligente para tirar esses planos do papel e atingir seus objetivos. Cada letra da técnica categoriza, em inglês, as cinco características indispensáveis de qualquer objetivo:

S: Específico — o que você quer exatamente?
M: Mensurável — o que determina que o objetivo foi atingido?
A: Atingível — a meta é realista?
R: Relevante — por que a meta é importante?
T: Temporizável — em quanto tempo é possível atingi-la?

Responder a essas cinco perguntas ajuda você a ficar mais perto de colocar seus objetivos em prática. É importante anotar suas respostas para que você não se desvie do caminho de alcançá-las.

Como escolher onde investir?

Quanto economizar para o futuro financeiro antes dos 30?

Como você já percebeu, garantir o futuro financeiro é uma meta de médio e longo prazo. Logo, seus investimentos podem ser divididos e voltados para suprir essa necessidade. Eles devem ser pensados para que você tenha estabilidade, lucre com bons rendimentos e, ao mesmo tempo, consiga ter boa liquidez. Veja como!

Economize 10% do seu salário

Uma meta possível de ser atingida e que deve ser colocada em prática é a de conseguir poupar o equivalente a 10% da sua renda mensalmente. Essa quantia pode ser aplicada em investimentos com diferentes prazos, para que você crie uma carteira diversificada e segura.

Para isso, antes de mais nada, você deve descobrir o seu perfil de investidor. Depois disso, pode apostar em alternativas como Tesouro Direto, CDBs, fundos de renda fixa e mercado de ações, entre outros.

Monte uma reserva de emergência

Ter um valor em conta para ser utilizado em situações de emergência, como em casos de perda do emprego ou doenças, é extremamente importante. O maior objetivo dessa reserva é dispensar o uso de empréstimos, uma vez que eles contam com altos juros e podem prejudicar suas finanças.

O ideal é que essa reserva consiga bancar entre 3 a 6 meses do total das suas despesas. Assim, você tem a tranquilidade de garantir sua estabilidade caso necessário.

seguro ideal

Pense em formas adicionais à aposentadoria

Depender da Previdência Social vem se tornando um questão cada vez mais preocupante. Por isso, uma boa solução é optar pela previdência privada, um investimento financeiro de longo prazo com aplicações frequentes. Ela leva você a acumular uma boa quantia que, então, pode ser usufruída quando você aposentar.

Faça um seguro

Seguros de vida, de casa e de carro são importantes por trazerem mais tranquilidade à sua rotina. Eles são também a forma mais prática de resolver problemas inesperados sem furar o seu orçamento.

Viu só? Nenhuma resposta é definitiva e, portanto, cada um deve pesar seus sonhos de acordo com sua personalidade e estilo de vida. Com as dicas que mostramos aqui, você certamente poderá colocar um bom planejamento em dia para viver uma vida economicamente saudável.

Afinal, embora os objetivos que cada pessoa deseja alcançar antes dos 30 sejam diferentes, alguns deles, como saber o quanto economizar, montar uma reserva e atingir estabilidade financeira, são comuns entre a grande maioria dos millennials.

E então, gostou deste conteúdo e quer começar a planejar seu futuro? Aproveite para se aprofundar mais no assunto e baixe gratuitamente nosso ebook sobre investimentos para iniciantes!

materiais educativos