Dicas para fazer intercâmbio na terceira idade

Dicas para fazer intercâmbio na terceira idade

Aprender um novo idioma, conhecer novas pessoas, viver uma aventura, muitos são os motivos e possibilidades para quem pretende fazer um intercâmbio. Mas, em muitos casos, esse é um daqueles desejos que temos ao longo da vida e que nem sempre conseguimos realizar no momento em que queremos ou achamos mais apropriado. Daí vem aquele sussurro incomodo “já estou velho para isso”. Descarte esse pensamento, não existe idade para fazer um intercâmbio.

Se você já está na melhor idade, então, essa é a hora de realizar aquilo que os anos de dedicação aos filhos ou ao trabalho não permitiram. Com mais tempo livre e com a possibilidade de investir seu dinheiro integralmente para realizar os seus desejos, as chances de realizar os seus sonhos só aumentam.

Então, por que ficar preso à ideia de que “passou da idade”? Fazer um intercâmbio na terceira idade é sim uma ótima opção para quem busca aproveitar a melhor idade da vida de uma maneira inesquecível.

Intercâmbio cultural

O intercâmbio cultural aparece na lista de sonhos de muitas pessoas. Com ele, você pode aprimorar um idioma, realizar um curso de especialização ou apenas fazer uma imersão na cultura de outro país. A comerciante Maria Helena Cardoso, 62 anos, mergulhou nessa experiência. Ela trabalhou em uma loja a vida toda ao lado do marido. Acabou aprendendo um pouco de inglês e espanhol para poder atender seus clientes, enquanto o marido cuidava da logística do negócio. Agora, com os filhos à frente do negócio, ela teve tempo de realizar o que tanto queria: ganhar fluência em ao menos uma das duas línguas.

“Depois da morte do meu marido eu fui diminuindo o ritmo do trabalho e ganhando cada vez mais ajuda dos meus filhos. Em 2010, minha neta foi fazer um período da faculdade na Espanha. Eu queria estar no lugar dela”, relembra a comerciante. Ela foi se informar das possibilidades e três anos depois embarcava para a mesma cidade que a neta, mas, sozinha. “Fui para Gijón, uma cidade praiana muito bem organizada. Passei a primavera e o início do verão de 2013 lá. Minha neta foi me visitar e ficou muito feliz de me ver falando em espanhol tão bem”, orgulha-se.

Em geral, as empresas oferecem pacotes de quatro a doze semanas e indicam os programas mais adequados ao gosto dessa geração. Isso varia claro de acordo com os interesses de cada pessoa. Mas as agências estão cada vez mais engajadas em achar soluções que atendam às necessidades desse público. Então o que você está esperando para embarcar nessa viagem?

Veja algumas empresas que oferecem pacotes especiais para quem busca fazer intercâmbio na terceira idade:

1. Expo Mundi: A empresa oferece cursos de idiomas com atividades culturais organizadas pelas escolas locais para pessoas acima de 50 anos, com as opções de Curso Geral ou Curso Combinado

2. Bex Intercâmbio (BEX): A empresa disponibiliza o pacote chamado CLUB 50 + PROGRAMME, em parceria com a escola Anglo Continental, localizada em Bournemouth na Inglaterra. O programa dura 20 semanas e inclui 2 atividades culturais semanais.

3. Viagens educacionais (VIE):  A empresa oferece um pacote que inclui curso e atividades voltadas para pessoas com mais de 50 anos que buscam aprender ou aperfeiçoar o inglês. A empresa trabalha em parceria com a escola English in Chester na Inglaterra e ainda oferece pacotes de viagem pela Europa para quem busca conhecer mais culturas.

Realizar um intercâmbio exige um certo investimento e tudo fica mais fácil se você puder contar com uma aposentadoria tranquila. Conheça a Previdência Vida Toda e descubra como garantir a sua estabilidade financeira na melhor idade.